Homenagens e belezuras | Homages and cuties

🇧🇷 Este programa inclui dois lindos temas de Ernesto Nazareth tocados de formas completamente diferentes. E algumas homenagens que nós e os músicos queremos fazer. Uma para Raphael Rabello, esse que foi um dos maiores violonistas do Brasil. E para Jacob do Bandolim, encarnado em seu Conjunto Época de Ouro, que continua nos delirando com beldades do choro tradicional mesmo depois da partida de seu fundador. O Época de Ouro está aqui muito bem acompanhado pelo pianista Cristóvão Bastos. Também tem Paulo Freire homenageando seu mestre, o violeiro Manoel de Oliveira, do vale do Urucuia. Só que o faz ao seu jeito cross-cultural, misturando viola caipira com clarinete e outras beldades. E Alessandro Penezzi e seu violão 7 cordas vêm homenagear todos os choristas paulistas com um belíssimo tema em ritmo de choro.

🇬🇧 This episode includes two gorgeous songs by master Ernesto Nazareth played in completely different styles. And some homages that we and the artists want to do. One for Raphael Rabello, which was one of our best acoustic guitar players. And for Jacob do Bandolim, represented here by his Conjunto Época de Ouro, which still impresses us with traditional Choro even after Jacob dead. Época de Ouro is well accompanied by the pianist Cristóvão Bastos. There is also Paulo Freire with his homage his master, violeiro Manoel de Oliveira from the Urucuia valley in Minas Gerais. But he does that in his cross-cultural style, mixing viola caipira with clarinet and other unusual combinations. And Alessandro Penezzi with his 7 string acoustic guitar, conveying homage to all Choro artists from São Paulo state with an amazing theme.

Read More

Mil variações | One thousand variations

🇬🇧 Joyce Moreno, or just Joyce, globally recognized for her Bossa Nova tunes, writes, plays and sings music non stop since the 60s. Her scat works (singing without lyrics) is huge and original. One of my preferred compositions is Feijão com Arroz, from one of the albums she released with her husband, the drummer Tutty Moreno. There is also Ulisses Rocha, one of our acoustic guitar colossus, playing one of his most complex compositions. His perfectionism is absolutely impressive. Then we visit the extraordinary Quinteto Armorial in the 70s for a taste of how they left their mark forever in the Northeast music. Heading South, we stop in Rio for a nostalgic composition of K-Ximbinho by Zé da Velha e Silvério Pontes. We also visit Neymar Dias, versatile multi-instrumentist from São Paulo’s music scene that explores new possibilities for the Brazilian viola. And then we arrive in Rio Grande do Sul for a modern execution of an Hermeto Pascoal theme written for and played by Renato Borghetti. This is beautiful episode, enjoy !

🇧🇷 Joyce Moreno, ou só Joyce, conhecidíssima representante global da Bossa e MPB, compõe, arranja e canta sem parar desde a década de 60. Seu trabalho com scats (canto sem letra) é imenso e muito original. Uma das minha preferidas é a Feijão com Arroz de um dos álbum que lançou com seu marido, o baterista Tutty Moreno. Tem também o Ulisses Rocha, colosso do violão, tocando uma de suas composições mais complexas e lindas. Seu perfeccionismo é impressionante. Damos um pulo aos anos 70 para visitar o Quinteto Armorial, extraordinários que são, deixaram sua marca para sempre na música nordestina. Rumo ao sul, paramos no Rio para uma nostálgica composição de K-Ximbinho ao som dos sopros debochados de Zé da Velha e Silvério Pontes. Visitamos também Neymar Dias, versátil multi-instrumentista da cena paulistana que vive explorando novas possibilidades na viola. E chegamos no Rio Grande do Sul para um modernoso tema de Hermeto Pascoal escrito para e tocado por Renato Borghetti. Este programa está lindo, aproveite !

Read More